SERVIÇOS

Design de interiores

O projeto de interiores visa a harmonia, a estética e a funcionalidade de um ambiente;planejando todos os detalhes de um ambiente com técnica.Cada cliente possui um estilo próprio e quer que essa personalidade seja reconhecida em seu espaço.
    A arquiteta adequa o desejo do Cliente a critérios técnicos e artísticos para construir ambientes que tenha harmonia entre as cores, iluminação, textura surpeendentes e um design único.

 

Metodologia

    São estudados tipos de acabamentos, revestimentos, pisos, forros, pinturas, mobiliário, iluminação, objetos decorativos, tapetes, quadros, enfim, tudo o que englobe um ambiente decorado pronto.

    São feitos estudos em perspectivas coloridas, aprimorados até sua completa aprovação.

    Após a definição desta etapa, é feito o detalhamento do projeto de forma a esclarecer os profissionais que executarão a montagem do espaço.

Arquitetura 
Residencial

Conforto e praticidade são premissas de um projeto residencial .Atendendo as necessidades dos clientes e em sua expectativa orçamentária, ambientes belos e funcionais. Tirando partido de diferentes materiais e revestimentos, naturais ou industrializados, simples ou sofisticados, espaços personalizados são projetados e materializados com organização e planejamento.

 
Comercial

Os espaços comerciais devem acompanhar, ou mesmo adiantar idéias, tendências e sonhos cujo ciclo de vida seja compatível com o investimento feito. A fim de satisfazer as necessidades e demandas do cliente estamos sempre a par das novidades de mercado, criando a imagem de seu empreendimento com dinamismo e criatividade. 
A arquitetura comercial é sobre tudo uma estratégia de marketing.

 
Corporativa

A Arquitetura Corporativa é o ramo da Arquitetura que se ocupa em desenvolver, projetar e executar espaços de trabalho para escritórios, muito difundida na atualidade entre empresas de grande porte, com um grande número de trabalhadores ou serviços realizados, como maneira de formar a identidade da empresa.  O projeto é desenvolvido mapeando as necessidades do ambiente de trabalho, propondo as melhores soluções em estação de trabalho e mobiliário em geral (arquivos, mesas, poltronas) levando em conta aspectos ergonômicos do espaço interno e aspectos de conforto ambiental como tratamento acústico adequado e iluminação condizente com a atividade.
     É fundamental estabelecer uma sintonia entre a imagem que a empresa pretende passar e o espaço físico.A Arquitetura Corporativa, também denominada Arquitetura empresarial,  Nesse contexto, o trabalho do arquiteto  pode ser comparado ao do arquiteto urbanista. Um urbanista se preocupa com os aspectos gerais do planejamento de uma cidade, ao passo que arquitetos desenham e projetam as construções, respeitando o projeto urbanístico definido. Da mesma forma, um arquiteto corporativo elabora a arquitetura da organização, ordenando seus elementos gerais .

Urbanismo

Urbanismo é a  atividade relacionadas com o estudo, regulação, controle e planejamento da cidade e da urbanização.
O desenho urbano diz respeito à disposição, a aparência e funcionalidade das cidades e, em particular a forma e utilização do espaço público.
   Um parque urbano é um tipo de espaço livre de edificações, normalmente caracterizado como espaço público, no qual há tipicamente abundância de vegetação e áreas não pavimentadas, mas sobretudo localizado dentro de uma região urbana. Nele, estabelecimentos industriais e residenciais são proibidos, e estabelecimentos comerciais são normalmente restritos a quiosques e vendedores ambulantes. Eventualmente um parque urbano está ligado a um conjunto de equipamentos públicos de caráter cultural.
     Um parque urbano propicia lazer e recreação aos habitantes da cidade, assim como uma apropriação lúdica do espaço público. Parques urbanos incluem muitas vezes playgrounds e campos de esportes, laguinhos e centros educativos como museus e jardins botânicos.
    O processo de urbanização influencia o meio ambiente, assim como também é influenciado por este. No processo de planejamento urbano, questões ambientais são importantes, pois é possível prever usos e impactos e fazer um zoneamento da região de forma que cada atividade interfira o mínimo possível nas atividades vizinhas e no meio ambiente.     Levar as condições ambientais em consideração ajuda na preservação dos recursos naturais e da capacidade de o ambiente se recuperar dos danos causados pela urbanização, além de proporcionar um bem-estar maior à população.
    Espaço compartilhado é um conceito de planejamento urbano que visa a utilização integrada de espaços públicos. Os espaços compartilhados removem a tradicional segregação entre os veículos automotores, pedestres e outros ususários das vias. No espaço público as caminhadas, ciclismo, compras e andar de carro se tornam ações integradas.